Procure no Bolero Neto

Carregando...

sábado, 28 de julho de 2012


Presos brasileiros suspeitos de matar policiais franceses na Guiana Francesa

Autoridades francesas anunciaram a prisão, feita por policiais brasileiros no estado do Amapá, de Manoel Ferreira Moura, 25 anos e conhecido como "Manoelzinho". Ele é acusado de matar dois policiais franceses na Guiana Francesa, há um mês, durante uma operação contra o garimpo ilegal.
 Manoelzinho seria líder de um grupo de garimpeiros clandestinos instalados na Guiana Francesa. Ele também era procurado pela polícia do Suriname. Segundo a Polícia Federal, Manoelzinho foi preso na manhã desta sexta-feira, na cidade de Macapá, quando estava ao lado de dois outros suspeitos. Ronaldo Silva Lima e uma mulher identificada como "Barantinha" foram presos por agentes do Batalhão de Operações Especiais do Polícia Militar do Amapá, o BOPE. Os três suspeitos estavam armados e escondidos em um hotel da cidade quando foram encontrados pelos agentes e foram conduzidos à uma prisão de segurança máxima.
Os dois soldados franceses, mortos em uma emboscada, tinham 29 e 32 anos e faziam parte de um grupo de militares que combatem a exploração ilegal de ouro no território da Guiana Francesa. A região se tornou palco de constantes conflitos entre policiais e garimpeiros fortemente armados, sobretudo devido ao aumento do preço do ouro, que chega atualmente à cotação dos 50 euros ( mais de 120 reais) o grama. 
Manoelzinho e seu grupo conseguiram fugir atravessando 200 km de uma região de floresta densa, até ser preso nesta sexta-feira. Outras cinco ou seis pessoas ainda são procuradas pelas polícias dos dois países.
Colaboração: RFI

DUELO A FACA ENTRE DUAS MULHERES TERMINA COM UMA ASSASSINADA E A OUTRA FERIDA
Morreu por volta das 08h30min da noite desta sexta-feira (27) no Hospital de Laranjal de Jari a LUZINEIDE DIAS FIDELIS (30). Ela foi vítima de várias facadas pelo corpo, cujo delito aconteceu na noite anterior. Quando se envolveu em uma briga com a rival ERIVANE MOREIRA ALBUQUERQUE (36) que, também foi esfaqueada pela Luzineide, embora sem gravidade, mesmo assim, ela teve que ser suturada no Hospital daquele município. Segundo a Polícia, animosidade entre as duas teria sido o motivo da briga.
A Erivane foi flagranciada na Delegacia de Polícia de Laranjal do Jari e deverá chegar nesta segunda-feira a Macapá, seguindo direto para IAPEN.

POLÍCIA FOI OBRIGADA A SOLTAR RAFINHA E BUDA
Em face de não existir mandado de prisão contra “Rafinha” e o “Buda”, RAFAEL PRATA DE OLIVEIRA e JONATHAN ALMEIDA SILVA, respectivamente, e através de uma ação dos advogados deles, a justiça determinou a soltura de ambos, que haviam sido presos no final da tarde de quinta-feira (26) por uma Guarnição da PM comandada pelo Sub Ten. Sulivam, acusados de praticarem vários assaltos, furtos, lesões corporais e até homicídios, conforme consta no B.O da referido policial, inclusive enquanto os dois estiveram presos no CIOSP do Congós, dezenas de pessoas foram até aquele Órgão de Segurança e reconheceram os mesmos, como autores dos assaltos de que foram vítimas. Segundo o Delegado LUIZ CARLOS da DCCP, eles foram flagranciados, porém, serão indiciados em Inquérito Policial e poderão ter suas prisões decretadas pela justiça logo após a conclusão do Inquérito.

BOPE PRENDER DOIS HOMENS ACUSADOS DE MATAR DOIS POLICIAIS FRANCESES
Uma Guarnição do BOPE comandada pelo Ten. Pelaes prendeu na manhã de ontem (27), no interior de um taxi quando trafegava na Rua Jovino Dinoá: os elementos MANOEL FERREIRA MOURA (Manoelzinho)  25 anos, natural de Pinhal/MA e o RONALDO SILVA LIMA (Brabo( 29 anos, natural de Santa Maria do Tite/PI. Com eles os policiais apreenderam duas pistolas carregadas. O Manoel confessou que comandava a quadrilha que matou no dia 27, dois policiais franceses (Gerdame) por ocasião de um conflito em uma  área de garimpo na Guiana Francesa. Ele confessou também, que enterrou três fuzis AR-15, em uma área de mata próximo a ponte que separa a Guiana Francesa de Oiapoque. No hotel onde se hospedaram aqui em Macapá, localizado na Av. Padre Júlio, no Centro da Cidade, foi encontrado na mala do Manoel, cerca de 10 mil reais e com o Ronaldo 550 reais.
Os dois foram encaminhados ao Departamento de Polícia Federal do nosso Estado que a partir de agora,  vai tomaras providências que o caso requer.

Nenhum comentário: